Psicologia positiva

Afinal, o que é a Psicologia positiva?

A psicologia positiva estuda a felicidade, ou seja, examina pensamentos, sentimentos e comportamentos humanos com foco em tornar as pessoas mais felizes e satisfeitas em sua vida. Esse estudo mantem o foco em tornar a vida das pessoas mais feliz,  ajudando as pessoas a prosperar e gerando uma melhor qualidade de vida.  Portanto, Martin Seligman desenvolveu o modelo PERMA, que cria a base para gerar esse bem-estar na vida das pessoas: emoções positivas, engajamento, relacionamentos, significado e realizações.

Baseando-se nisso, temos algumas dicas da psicologia positiva que podem gerar uma vida mais feliz, satisfeita e repleta de bem-estar:

  • Cultive a gratidão e inserir o otimismo na sua vida;
  • Lembre-se de não forçar as pessoas pessimistas a terem pensamentos otimistas: isso é um exercício diário a ser praticado, aos poucos;
  • Use o dinheiro para criar experiências positivas e não somente para comprar bens materiais;
  • Mude o foco: se concentrar menos na obtenção de riqueza;
  • Insira o abraço no seu dia-a-dia;
  • Diga as pessoas o quanto eles são importantes na sua vida;
  • Mantenha o bom-humor;
  • Pratique o bem;
  • Incentive e tenha emoções positivas;
  • Mantenha seu foco no presente: no aqui e agora;

Além das ações promovidas em nossa vida pessoal, também é importante cultivar a psicologia positiva no ambiente de trabalho.  As empresas estão inseridas em um ambiente VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) e precisam investir e se preocupar em proporcionar um bom clima organizacional, com pessoas comprometidas e engajadas, por meio de lideranças positivas, que gerem resultados a todas as partes envolvidas no processo.

Através da psicologia positiva, torna-se possível o desenvolvimento de pessoas com foco no autoconhecimento, autodeterminação e alta-performance (melhorando ainda mais os pontos fortes). Neste sentido, seguem algumas dicas a serem aplicadas no ambiente de trabalho:

  • Identifique os pontos fortes em si mesmo e nos outros, focando nisso;
  • Foque o Treinamento & Desenvolvimento de pessoal neste sentido;
  • Seja grato as pessoas que te ajudaram em algum momento importante;
  • Desenvolva formas de reconhecimento, com gestos de gratidão e bem-estar;
  • Mantenha o foco no presente e nas coisas boas que estão acontecendo;
  • Desenvolva uma comunicação cada vez mais assertiva, evitando ruídos e mal-entendidos no ambiente de trabalho;

Assim, baseando-se neste conceito e nas ações sugeridas pela Psicologia Positiva, fica a reflexão para cada um de vocês: o que tenho feito na minha vida para ser mais feliz e satisfeito?

2 comentários em “Psicologia positiva

  1. Anelise Dillenburg Responder

    Boa tarde!
    Lendo aqui sobre a psicologia positiva, me dei conta, de que sem saber, já a pratico há algum tempo e os resultados são satisfatórios, não somente para mim. Percebo que atraio as pessoas do meu convívio, inclusive ex-colegas, agora entendo o por quê disso. Procuro incentivar as pessoas ao meu redor, salientar suas características positivas e assim tornar a vida mais leve.

  2. Michele Responder

    Olá Anelise!
    Que bom receber seu comentário aqui no nosso blog. Com certeza os resultados são positivos e seria muito bom conseguirmos propagar isso para o máximo de pessoas possível. Só assim, tornaremos nosso mundo melhor, mais alegre e mais leve como você comentou.
    Continue acompanhando aqui que em breve lançaremos novos artigos e te esperamos nas nossas redes sociais também: @doms.oficial.
    Se você gostar dos nossos conteúdos, compartilhe com quem você acredita pode estar precisando deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *